fbpx
× Fale Conosco

Solicite um orçamento sem compromisso!

Enviar via
Ou ligue para (41) 3243-9590
Se preferir, ligue para nós! Ligar agora!
Clique aqui para falar conosco!
×
× Envie-nos um E-mail

Como cuidar corretamente de um buquê de flores

Quando ganhamos  um buquê de flores começamos a pensar: como posso fazer essas flores durarem mais tempo, não é? Claro, tem flor que dura mais, por si só, e tem flor que quase não dura, a gente sabe. Vamos dar uma olhada, nesse artigo aqui, em algumas dicas naturais para fazer as flores durarem mais? Vamos lá, então!

As flores de corte, essas que são criadas para venda, são flores que têm a condição natural de durarem mais tempo fora da planta. Em geral, são flores de estufa ou de produções comerciais, que usam agrotóxicos de todo o tipo para que sejam mais duradouras, isso é verdade.

Das flores de corte mais duradouras, naturalmente, podemos ressaltar as rosas, as tulipas, as orquídeas, os lírios e, claro, as “sempre-vivas“, que são diversas variedades de plantas floríferas que conseguem manter suas cores vibrantes muito tempo após serem cortadas e, inclusive, depois de secas.

Mas, nem toda flor tem a facilidade da sempre-viva para resistir, fresca e bonita, às mudanças. Vamos então dizer como fazer com que as outras flores – rosas, dálias, lírios, copos de leite, tulipas – resistam mais tempo e, com sorte e bons cuidados, até 15 dias.

Dicas para o buquê de flores durar mais

O importante é você favorecer a absorção de água de boa qualidade pelos caules, impedir, ao máximo, o alastramento de processos de putrefação e deterioração dos tecidos e, para isso, algumas dicas básicas são as seguintes:

1. Água fresca todos os dias é fundamental (ou, troque a água a cada dois dias, no máximo)

2. Pouca água no vaso – uns 2 dedos já dá – sem afogar as folhas, evitará a proliferação de fungos e bactérias

3. Aumentar a área de absorção da água – corte os talos das flores diagonalmente – sempre que trocar a água do vaso

4. Flores de leite – quando ganhar, lave os caules com água morna para retirar o excesso de leite que os entope

5. Flores de caule oco (amarilis e dálias, por exemplo) – aumente a capacidade de troca de oxigênio fazendo um furinho na base de cada flor, com uma agulha

6. Flores com hastes lenhosas ou grossas (rosas, por exemplo) – faça o corte em diagonal e um outro, ao longo do caule (por 1 cm) – para aumentar a capacidade da flor em absorver água.

7. Use faquinha ou tesoura de poda, limpas e desinfetadas, para cortar as hastes florais – esse cuidado vai evitar as contaminações

8. Sempre desembrulhe as flores do seu buquê – papel e plástico não são adequados ao prolongamento da sua beleza em vaso

9. Retire, sempre que aparecerem, pétalas e folhas estragadas – essa ação reduz a velocidade dos processos de degradação

10. A saúde da água é fundamental: mantenha a água limpa, fresca (em dias de muito calor, use água gelada ou coloque alguns cubos de gelo dentro do vaso) com 2 a 3 gotinhas de cloro ou 1 aspirina dissolvida

11. Solução protetora contra fungos e bactérias: para cada 1 litro de água do vaso, acrescente 50 ml desta fórmula (suco de ½ limão, 2 colheres chá de açúcar cristal e 2 colheres de chá de vinagre branco).

12. Não deixe as flores do seu buquê em local abafado ou muito quente – em casos extremos, a geladeira pode ser uma alternativa

13. Evite expôr as flores do seu buquê à luz direta do sol

Conclusão

Com estas dicas, seu buquê de flores vai durar mais, mas se você tiver alguma dúvida, a Flora Horizonte conta com as mais diversas opções para agradar a todos. Entre em contato conosco ou nos faça uma visita!